Coluna Política | Sílvio Filho: um olho no Senado e outro no Republicanos


O deputado federal e presidente estadual do Republicanos, Sílvio Costa Filho, cumpriu ampla agenda política pelo interior pernambucano durante o fim de semana. São João, Capoeiras, Caetés, Terezinha, Bom Conselho, Brejão, Saloá, Águas Belas, Garanhuns e São Caetano foram municípios na rota do parlamentar. Na pauta, encontros com prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, suplentes e lideranças para debater o cenário atual e as posições para 22. Além disso, anúncio de emendas parlamentares para diversos segmentos dos municípios onde tem base política.


Ao mesmo tempo em que “Silvinho” somava filiados para o Republicanos, a exemplo do ex-prefeito de São João, Genaldi Zumba, que teve sua ficha abonada por ele durante primeira parada da agenda, também ampliava “capital político” na corrida pela indicação para disputar a vaga de senador pela Frente Popular, liderada pelo governador Paulo Câmara (PSB). Caso isso não aconteça, o deputado vai para disputa da reeleição com apoio ampliado do Litoral ao Sertão. Com bom trânsito entre governistas e opositores, Costa Filho aprendeu bem o “caminho das pedras”.


Bastidores – Uma fonte palaciana revelou que a ordem agora é massificar o nome do ex-prefeito do Recife, Geraldo Júlio, como pré-candidato a governador de Pernambuco pelo PSB. A Frente Popular sempre desconversa sobre o assunto publicamente, mas nos bastidores a “máquina está moendo”. Atualmente no comando da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo vem com a experiência de dois mandatos como prefeito do Recife, mas carregará o peso negativo das investigações da Polícia Federal contra seu governo na pandemia, o que será “prato cheio” para oposição.


Substituição – Na próxima quarta (4), o suplente Pizada (DEM) toma posse como vereador na Câmara de Tracunhaém. Ele ocupará a cadeira do vereador Biino (DEM), que está preso na cadeia de Lagoa do Carro, acusado de tentativa de feminicídio no mês de fevereiro em um bar de Carpina, tendo como vítima uma garota de programa. Segundo o Regimento Interno do Legislativo, após 120 dias de afastamento do cargo, por meio de licença sem remuneração, a mesa diretora deve convocar o suplente. Pizada obteve 295 votos.


Investimento – Pré-candidato a deputado federal, o ex-ministro da Educação e presidente estadual do DEM, Mendonça Filho, segue bem alinhado com a prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino (DEM). Depois de participar da entrega de ônibus escolares adquiridos com recursos do FNDE, ele anunciou R$ 1,5 milhão para retomada da obra da maternidade, que está sem funcionar desde 2019. A liberação é fruto de uma articulação dele junto ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Mendonça tem tudo pra sair majoritário da “Terra dos Papangus”.


Rápidas

Na estrada – O senador Humberto Costa (PT) cumpriu extensa agenda política no Sertão. O assessor Wedson Galindo participou ativamente dos encontros e das articulações para investimentos nos municípios. Nos bastidores, Galindo é “aposta” do senador para disputar uma cadeira de deputado estadual.


No grupo – Durante agenda do deputado estadual Henrique Filho (PP) em Limoeiro, o vereador Luís do Matadouro (MDB) fez questão de acompanhar e sair na foto. Ele foi o segundo mais votado na Eleição de 2020 e tem histórico de boa transferência de votos para Henrique Queiroz, pai do deputado.


O povo quer saber  Quando Geraldo Júlio vai cair em campo abertamente como pré-candidato a governador?