Limoeiro mantém feiras livres nos dias tradicionais


Por conta do avanço da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Estado anunciou novas medidas restritivas para alguns municípios pernambucanos, entre eles, 12 da área de cobertura da II Gerência Regional de Saúde (Geres), incluindo Limoeiro. No período de 26 de maio a 06 de junho, a quarentena mais rígida determina o fechamento de uma série de atividades econômicas consideradas não essenciais para tentar diminuir a circulação de pessoas e, com isso, reduzir os riscos de transmissão da doença.

 

Além da Polícia Militar (PM), a fiscalização das determinações no Decreto Estadual 50.752 também fica sob a responsabilidade dos governos municipais. Em Limoeiro, a Operação Convivência conta com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Vigilância Sanitária. Nessa segunda (24), havia entrado em vigor um Decreto Municipal com a suspensão das aulas presenciais, do funcionamento das academias de ginástica, clubes sociais e esportivos, e academias da saúde, além do atendimento ao público nas repartições da Administração Municipal.

 

Em Limoeiro, as feiras livres seguirão nos dias tradicionais: quartas e sábados, no Centro, e aos domingos, no Bairro São Sebastião. Só podem comercializar bancos de verduras, frutas, legumes, além de outros segmentos alimentícios. Em todas as feiras, equipes com guardas municipais e fiscais da Vigilância Sanitária estarão abordando e orientando clientes e feirantes. Também há um trabalho de conscientização com a participação artística de dois personagens que, de forma educativa, conscientizam as pessoas que circulam pelas áreas da feira. Confira a relação das atividades autorizadas a funcionar durante a quarentena mais rígida: clique aqui.