Solidariedade segue em cartaz no Galpão das Artes

Imagem | Letícia Lins - #OxeRecife
Mesmo com as atividades culturais suspensas, o Centro de Criação Galpão das Artes de Limoeiro apresenta "cartaz" durante a pandemia do coronavírus. Não tem espetáculo programado; também não há ingresso à venda na bilheteria, mas existe solidariedade no palco da vida. A Organização Não Governamental (ONG) segue atendendo remotamente um coletivo de 25 crianças do Programa Arte Educação. Na última quarta (6), foram distribuídos kits de lanches com leite em pó e biscoito para os estudantes do programa, que existe há uma década.

Paralelamente, as famílias também são contempladas. De acordo com o diretor do Galpão, Fábio André, as doações estão chegando através de amigos e espectadores da própria instituição cultural. O Centro de Criação Galpão das Artes completará 20 anos de atividades no mês de dezembro deste ano e o esse “espetáculo” da vida real poderá ser o mais “premiado” da história do Galpão. Entre as “cenas”, nesse sábado (9), a equipe da ONG realizou a entrega de cestas básicas para 25 famílias em situação de vulnerabilidade. A ação deverá continuar enquanto durar a pandemia.