Esgoto a céu aberto incomoda comerciantes e moradores de Limoeiro


As reclamações continuam! Um problema que se arrasta durante várias gestões se agravou nos últimos meses no Centro do município de Limoeiro. Na travessa que liga a Rua Vigário Joaquim Pinto com a Avenida Severino Pinheiro, via também conhecida como “Beco de George da Gráfica”, um esgoto escorre a céu aberto, passando por casas e empresas ao longo da avenida. Moradores e comerciantes do local disseram que a fedentina tem sido insuportável. Outros temem a proliferação ainda maior de insetos. A nossa reportagem foi chamada e observou que o problema começa perto de um bueiro. “Acho que é um estouramento e acaba vazando para a rua”, disse a funcionária de um comércio afetado. “Já presencie problemas entre motorista e pedestre, porque o carro passou por cima da poça e melou uma mulher que passava pela calçada”, disse um mototaxista que acompanhou a nossa equipe.

Durante entrevista concedida à Rádio Jornal Limoeiro, o vice-prefeito Marcelo Motta disse que a gestão tem ciência do problema e que será resolvido com brevidade, inclusive sendo pauta de reunião dos gestores. Ele informou que a secretaria de Infraestrutura aguarda findar o processo licitatório para compra dos materiais que serão utilizados na obra. “Foi tratado em reunião com a equipe da secretaria de Infraestrutura. A questão é que estávamos sem poder comprar, porque a gente só pode compra com dispensa de licitação até oito mil reais, que foi aquela compra inicial que foi feita, mas isso já foi despachado com o prefeito e logo será resolvido. A gente pede desculpas pelos transtornos, isso não é um problema da nossa gestão, é um problema que vem há muito tempo, mas o papel do prefeito agora é tentar organizar essas pendências”, disse Marcelo.