Páginas

Bares são obrigados a fechar mais cedo em Nazaré da Mata


Bares, restaurantes, lanchonetes, pontos de conveniência e demais estabelecimentos que vendem comida e bebida devem encerrar o atendimento às 20h no município de Nazaré da Mata. A medida foi estabelecida através de decreto municipal publicado nessa quinta-feira (18) pela prefeitura. A administração alegou que a determinação busca conter o avanço da pandemia do novo coronavírus no município. Em apenas uma semana, sete óbitos foram confirmados. O boletim atual mostra 418 casos confirmados e 37 mortes.

 

De acordo com o decreto municipal, os estabelecimentos que não cumprirem a determinação poderão ter o alvará de funcionamento cassado ou serem proibidos de exercer a atividade. A Diocese de Nazaré também tomou novas medidas. Inicialmente, o documento tem validade de 30 dias, mas poderá ser prorrogado - dependendo do aumento de casos da doença. A Prefeitura de Nazaré da Mata também prorrogou o estado de calamidade na saúde pública até o dia 30 de junho de 2020. 


+ Restrições - Nas atividades religiosas também houve restrições. O decreto ressalta que os templos não podem reunir mais de 300 pessoas, limitados até 30% do espaço. Também estão proibidos bebedouros coletivos. Em entrevista concedida à Rádio Jornal Limoeiro, o bispo da Diocese de Nazaré da Mata, Dom Francisco Lucena disse que, nas comunidades onde ocorreu aumento de notificações positivas de Covid-19, as celebrações estão acontecendo sem a presença dos fieis.