Coluna da Quinta | Privado gera renda e solidariedade


Mais uma vez os empresários fazem a diferença. A pandemia é uma prova clara da afirmativa. Observamos diariamente milhões de reais destinados para ajudar enfermos e famílias brasileiras mais vulneráveis por conta das crises geradas pelo novo coronavírus. São doações de equipamentos, insumos e produtos essenciais. Alguns colocaram suas linhas de produção a serviço do país. E um detalhe: tudo isso diante de uma carga tributária pesada e que dispensa comentários. Lembrando que milhares de empresas desenvolvem trabalhos sociais desde sempre. Agora, ainda mais.

Muitos empresários e lojistas paralisaram totalmente as atividades e, mesmo assim, seguem ajudando. Fecharam as portas, desligaram as máquinas, mas não "apagaram a chama" da solidariedade. Milhares seguram o “baque” para evitar novas demissões. O brasileiro é gente do bem e de bom coração. Se há exceções, há em todo lugar. Paciência! Mas o lado positivo não pode ser ofuscado. Que os ensinamentos de agora sigam pós-pandemia e os governantes tratem com mais zelo a riqueza produzida pelo privado, seja financeira ou social.

Teste – A pandemia tem sido "prova de fogo" para muitos gestores públicos. Para prefeitos que vão tentar a reeleição, a atuação na condução da crise poderá ser decisiva para tentar conquistar o eleitor mais uma vez. “Pisar na bola” com a grande massa é pedir para perder. Além disso, os executivos devem redobrar o cuidado com a aplicação dos recursos públicos. Quem ficar de “ladainha” pode começar a arrumar a mala. Lembrando que os órgãos de fiscalização estão de “olhos” bem abertos. Portanto, transparência.

Futuro – Hoje, durante entrevista concedida à Rádio Jornal Limoeiro, o deputado federal e presidente estadual do partido Republicanos, Silvio Costa Filho, analisou de forma positiva as alterações aprovadas pela Câmara no “Projeto de Socorro aos Municípios”. Silvio ainda validou uma série de cortes feitos pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) nas despesas internas da Casa. Sobre eleições municipais, disse acreditar que serão prorrogadas para o fim deste ano, declarando que o debate sobre reforma política é necessário, inclusive, com unificação das eleições na pauta.  

Rápidas

Lagoa do Carro – Em vídeo compartilhado nas redes sociais, o ex-prefeito Jailson do Armazém (PSB) disse que vai recorrer judicialmente para tentar concorrer ao cargo de prefeito nas eleições deste ano. Na semana passada, as contas dele (2015) foram rejeitadas e o empresário ficou inelegível.

Condenado - O Tribunal Regional Federal da 4ª Região decidiu ontem, por unanimidade, manter a condenação do ex-presidente Lula (PT) a 17 anos de prisão no caso do sítio em Atibaia (SP). Por meio de julgamento virtual, os desembargadores negaram recurso protocolado pela defesa. O ex-presidente ainda pode recorrer em liberdade.

O povo quer saber – Qual vereador de Limoeiro terá coragem de votar contra os professores?