Reservatório Elevado da Compesa vive cenário de abandono em Limoeiro


"Abandono". Assim classificou um morador do Mutirão de Cima ao enviar para o Blog, a imagem da “caixa d’água” construída pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) numa área do Centro Social Urbano (CSU), no município de Limoeiro. O Reservatório Elevado do Juá integra o Programa Para o Fim do Racionamento e Redução de Perdas no Interior (PRORED), o qual visa a ampliação da rede de distribuição da cidade, prometido desde o ano de 2007. Neste período, etapas foram executadas, mas a conclusão não tem previsão.

Em janeiro de 2017, o governador Paulo Câmara esteve na cidade para assinar nova ordem de serviço. Indagado pela reportagem da Rádio Jornal Limoeiro sobre a conclusão do serviço, durante a última visita que fez ao município, em janeiro deste ano, o gestor estadual afirmou que o projeto está nos planos do Governo do Estado, mas não informou data e disse depender da disponibilidade de recursos. No reservatório, o mato tomou conta do terreno, um lado do portão caiu e o ferrugem destrói a estrutura. O morador disse que há muito tempo ninguém aparece no local para manutenção.