Rodrigo de Duda ganha a equipe e "salva" a gestão em alguns setores


Promessa quando indicado para a Diretoria de Obras Urbanas da Prefeitura de Limoeiro, Rodrigo Melo (Rodrigo de Duda) não demorou a mostrar resultados e surpreender as interrogações que surgiram quando da sua indicação para o cargo. Sem dia e hora para atender as centenas de demandas, Rodrigo conseguiu, com habilidade, ganhar o grupo de operários, a turma do pesado. A receita? Simples. Ele veste a camisa e derrama suor junto com a equipe. Na imprensa, não se esconde das reclamações, sabe pedir desculpas e reconhece algumas limitações. Isso fez com que ele ganhasse o respeito do povo.

Nos bastidores, o nome dele gera ciumeira política. Mas, com cautela, o filho de “Duda do Banco” tem focado no seu trabalho. Diante de uma gestão tomada por polêmicas, Rodrigo “corre por fora”, fazendo com que a diretoria que ocupa seja uma das mais elogiadas. Na boca do povo, ele é tido como uma das poucas referências da gestão, gerando comentários populares, a exemplo: “Merece o salário que ganha”, “É um dos poucos que realmente trabalha para o povo”, “É quem salva a gestão”. Não faz mais porque falta material de trabalho. Com potencial político, Rodrigo evita falar sobre o assunto, mas demonstra fidelidade ao grupo do prefeito João Luís (PSB) e não se esconde na hora de defender a gestão.