Músicos cobram da prefeitura de Limoeiro cachês do desfile da Independência


Perto de completar dois meses da realização do desfile cívico de 7 de Setembro, músicos e regentes que prestaram serviço para as escolas da rede municipal de Limoeiro ainda não receberam os cachês. Um maestro, que pediu para não ser identificado, disse que o valor acordado, por profissional, com a Secretaria de Educação foi de R$ 300 – valor inferior ao pago pela gestão anterior, que segundo o músico foi de R$ 1 mil. “Procuramos o secretário e a informação que recebemos é que não tem previsão”, disse o músico que aguarda a liberação do dinheiro. Em resposta a solicitação da nossa reportagem, a Secretaria de Educação e Esportes de Limoeiro afirmou que: “Com relação ao pagamento, “informamos que reconhecemos o atraso devido a grande dificuldade que os municípios atravessam no momento, entretanto, o mesmo encontra-se agendado para o próximo mês”.