Vítimas de explosão de fossa são enterradas em Bizarra

Foto | Reprodução Rádio Jornal
Os corpos dos dois homens que morreram vítimas da explosão de uma fossa no Distrito de Bizarra, zona rural de Bom Jardim, serão sepultados nesta quinta-feira. Manoel Romão da Silva e Alexandre Viturino eram moradores da própria comunidade e trabalhavam em serviços informais. Segundo os familiares, o enterro está marcado para as 16h, no cemitério do distrito. O clima é de muita tristeza entre os moradores. Muitos ainda estão em estado de choque com a tragédia. O dono da casa, José Fernando Gonçalves de Melo, 45 anos, que também trabalhava na limpeza, sofreu apenas escoriações, foi atendido e liberado. 

A quarta vítima, Cléber da Silva Faustino, 37 anos, foi transferido para o Hospital Otávio de Freitas, no Recife, com fraturas nas pernas e não tem previsão de alta médica. Segundo populares, os quatro amigos teriam colocado carbureto para ajudar na desobstrução. O produto químico em contato com o gás metano do esgoto pode ter provocado a explosão. Pedaços da tampa de concreto da fossa atingiram os trabalhadores, deixando o saldo de dois feridos e dois mortos. Policiais civis da delegacia de Bom Jardim continuam com o trabalho de perícia do local. O laudo técnico deve ser finalizado em 30 dias.