Programa de aulas funcionais melhora a qualidade de vida em João Alfredo


Visando melhorar a qualidade de vida dos moradores de João Alfredo, a Secretaria de Saúde tem ofertado aulas funcionais no Ginásio Poliesportivo Djair Santos e na Academia da Saúde. De jovens a idosos, o número de participantes cresce a cada a dia. Educadores físicos e fisioterapeuta orientam e acompanham os alunos, estabelecendo o tipo de atividade de acordo com a idade e a estrutura física individual. Pessoas que apresentem patologias musculares, articulares ou cardiopatias devem apresentar parecer médico de liberação para o exercício de moderada a alta intensidade.

No ginásio, as aulas acontecem nas segundas (15h) e nas quartas (16h). Na academia existe um rodízio de atividades como dança, step, ginástica localizada e circuito nas segundas e sextas com início às 17h. Participantes que sofrem de alguma patologia ostearticular são dispensados de alguns exercícios de maior impacto. Segundo a secretaria, existem vários relatos de experiências com relação a prática de exercícios regulares. As alunas falam que suas vidas mudaram quando começaram a praticar as aulas. Entre os benefícios estão: perca de peso, integração social,  melhoria da auto estima, mudança de hábitos alimentares, controle da ansiedade,  prevenção da depressão, entre outros.

O projeto não restrição a sexo, tendo em vista, a efetiva participação dos homens. Os participantes também contam com a orientação e acompanhamento de uma nutricionista. “O treinamento funcional desenvolve o corpo de uma maneira bastante eficiente, pois, trabalha e movimenta todas as regiões de forma integrada, ao contrário dos treinos convencionais que só trabalham exercícios localizados. Com apenas um exercício é possível trabalhar e treinar várias capacidades físicas como andar, correr, saltar, saltitar”, explica a secretária de Saúde, Márcia Almeida.