Teobaldo acredita que apenas 4 vereadores permanecem na oposição em Limoeiro


O deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN) disse na tarde desta sexta-feira (30) em entrevista concedida à Rádio Jornal durante confraternização do PSD Limoeiro, que apenas 4 vereadores eleitos no grupo de Thiago Cavalcanti (PTB) devem permanecer na oposição. Nas eleições municipais deste ano, o palanque da então situação elegeu nove. Segundo Teobaldo, continuam fieis ao grupo o reeleito Daniel do Mercadinho (PTB) e os novatos Roberto Galvão (PSD), Marcos Sérgio (PSD) e Luís Antônio (PTB). Os quatro estiveram presentes ao encontro realizado em um condomínio na Comunidade de Gameleira. Indagado sobre a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Limoeiro, o deputado disse que não interfere nas decisões dos vereadores e que a atenção dele será em janeiro para a eleição da presidência da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). 

Quando o assunto foi oposição, o ex-prefeito disse que permanece oposicionistas em todas as esferas: municipal, estadual e federal. Em relação à Limoeiro, Ricardo falou estar mais experiente e que fará uma oposição sem rancor, mas com muita precisão. Com olhos para o Estado, ele falou em tom de candidatura à reeleição para deputado, afirmando que, no geral, se considera vitorioso pela quantidade de prefeitos eleitos com o seu apoio em 2016. Ricardo ainda sinalizou que apesar de o nome do deputado federal licenciado e ministro Bruno Araújo (PSDB) está sendo cogitado para uma disputa ao governo estadual, o senador Armando Monteiro (PTB) ainda aparece como o nome mais forte da oposição ao governador Paulo Câmara (PSB).

Limoeiro – Sobre a derrota do grupo na disputa pela prefeitura de Limoeiro, Ricardo foi objetivo: “houve erros”. O presidente estadual do PTN garantiu que deixa R$ 40 milhões empenhados para a gestão do prefeito eleito Joãozinho (PSB) e que vai deixar o gabinete aberto ao socialista, apesar de adversários políticos. Com olhos para Casa Professor Agripino de Almeida, revelou que em reunião com os vereadores eleitos na base após a derrota deixou claro que o futuro seria de dificuldades: “vamos para o deserto”, ilustrou Teobaldo. Ao mesmo tempo, ele afirmou que os 4 vereadores que continuam em seu grupo são os com mais capacidade de representar a opinião pública. (Imagem | Assessoria de Imprensa | Dep Fed Ricardo Teobaldo)