Compesa inicia obra que vai levar água da Barragem de Palmeirinha para Surubim


Com investimento de quase R$ 3 milhões, a Compesa iniciou nesta segunda (3) as obras que vão levar água da Barragem de Palmeirinha, em Pedra Fina, zona rural de Bom Jardim, para abastecer os mais de 60 mil habitantes do município de Surubim. Atualmente, a barragem abastece Limoeiro, Bom Jardim e Orobó. Por conta do longo período de estiagem, as cidades convivem com calendário de racionamento. A notícia não agradou aos moradores desses municípios, apesar de o deputado federal Danilo Cabral (PSB) ter postado no Facebook (nota abaixo) que a obra vai aumentar a vazão para Bom Jardim e Orobó. O questionamento dos consumidores se concentra na questão de apertar ainda mais o abastecimento dos municípios inicialmente atendidos para levar água para Terra da Vaquejada. No mesmo período, as obras da nova rede de abastecimento de Limoeiro e da comunidade de Gameleira continuam paradas.

“Visitamos nesta manhã o canteiro de obras da interligação entre os sistemas de Palmeirinha (Pedra Fina) e Surubim, que levará água para o município minimizando os efeitos da seca. Serão investidos R$ 2,8 milhões de recursos do próprio Governo do Estado, beneficiando cerca de 50 mil pessoas. Ao lado do presidente da Compesa, Roberto Tavares, do secretário de Agricultura, o deputado estadual Nilton Mota, e de outras lideranças da região, visitamos a Estação de Tratamento do Buraco de Tatu, que também receberá melhorias. Estas intervenções, além de melhorar o abastecimento d'água de Surubim, vão beneficiar outros municípios, como Bom Jardim e Orobó, pois a vazão de água da estação vai aumentar, atendendo a todos que já recebem água da barragem de Pedra Fina. É importante lembrar que este foi um compromisso do governador Paulo Câmara a partir das demandas do povo de Surubim. E nós trabalhamos incansavelmente até que a obra saísse do papel. A previsão é de que, em até 60 dias, a água atenda a população. Palavra dada, palavra cumprida.” (Imagem | Aluísio Moreira SEI)