Compesa inicia implantação da rede de abastecimento de Gameleira


Com recursos oriundos dos cofres do Governo do Estado da ordem de R$ 600 mil, a Companhia Pernambucana de Abastecimento e Saneamento (Compesa) iniciou as obras que vão levar água da Barragem de Carpina para a Comunidade de Gameleira, em Limoeiro. Na manhã desta sexta (12), o presidente da companhia, Roberto Tavares, vistoriou os serviços e adiantou que serão construídos 3 km de adutora e um reservatório no ponto alto da comunidade. Segundo o presidente, a obra faz parte do Programa de Redução do Racionamento (PRORED), que estava paralisado em decorrência de cortes feitos pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Roberto garantiu ainda que todas as casas de Gameleira receberão água nas torneiras. O estudo feito pela Compesa calcula que aproximadamente 500 casas sejam atendidas, representando uma população de mais de 2 mil moradores. Ainda segundo o presidente, dentro de um prazo de 50 a 60 dias, a rede será inaugurada. Mas antes, no período de 10 a 15 de setembro, o abastecimento será testado e as ligações e instalações de registros nos imóveis iniciadas. Em relação a obra da nova tubulação da cidade, que está parada há mais de um ano, Tavares falou de uma dificuldade que existe para a implantação de uma tubulação que será colocada na Rua Antônio Fernandes Salsa (Rua do Hospital) e dos recursos que estão liberados, mas garantiu que ainda no segundo semestre será retomada.