Coordenação da Festa de São Cristovão emite nota e desmente secretaria de Cultura


Após emissão de nota de esclarecimento assinada pelo secretário de Cultura e Juventude de Limoeiro, Radameis Moura, sobre a polêmica do cancelamento do show da banda Forró do Limoeiro, em resposta a nota do próprio grupo, a coordenação da festa também se manifestou. Segundo a coordenadora da Festa de São Cristovão, da Congal, Michele Barros, as informações do secretário não são verdadeiras. Confira abaixo a nota:

"Nós que fazemos parte da Coordenação da Capela de São Cristovão, responsáveis pela coordenação da festa, lamentamos a nota de esclarecimento da Secretaria de Cultura e Juventude e os comentários envolvendo as festividades que ocorre em prol do santo. Informamos que em momento algum esta coordenação ou qualquer membro da mesma, tenha pedido qualquer que seja atração cultural para o evento da festividade religiosa a esta secretaria. Entretanto, informamos ainda que está coordenação em nenhum momento entrou em contato com bandas, divulgou ou fez parte da organização de um outro evento ocorrido no mesmo período, porém, aconteceu na rua por trás da igreja, cuja responsabilidade é da vereadora Zélia de Ribeiro do Mel, cuja banda faz referência como contato, citando também esta secretaria. Informamos também que a comunidade não tem acesso a pedidos por ofício ou a orçamentos que envolvam a festividade da Capela de São Cristovão.

Observamos que as informações do referido senhor Radameis Moura são inverídicas em suas citações e salientamos que uma organização executa suas decisões, planejamentos, e de modo alguma passaria por esquecimento de decisões e esclarecimentos a artistas solicitados. Contudo, observo que, respeito, valorização e compromisso foram feito por todos que trabalharam para que o evento da Festividade da Capela de São Cristovão ocorresse de forma citadas no convite (Procissão da Bandeira, Celebrações Eucarísticas e Procissão seguida de carreata pelas principais ruas da cidade). No mais, louvor em graça e honra ao Senhor no palco principal localizado em frente da igreja. Digo ainda que, desculpas o senhor Radameis Moura deve pedir sim, mas a todos que fazem parte desta coordenação por citá-la indevidamente. Sem mais para o momento, finalizo com o senso do dever cumprido. Michele F. de Barros Pedrosa, coordenadora".