SES registra 27 casos suspeitos de microcefalia na II GERES



Foi divulgado o último balanço dos casos suspeitos de microcefalia registrados em Pernambuco. De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, nas doze regiões estratégicas em que o estado está dividido, foram contabilizados 481 casos.  Desse total, 27 casos suspeitos da doença foram registrados em 13 municípios da Mata Norte e do Agreste Setentrional que fazem parte da II Gerência Regional de Saúde (GERES). Neste universo, cinco municípios apresentaram apenas um caso suspeito: Bom Jardim, Cumaru, João Alfredo, Lagoa do Carro e Nazaré da Mata. 

Em Limoeiro, cidade sede da GERES, além de Carpina, Passira, Feira Nova e Vertente do Lério foram 02 casos anotados. A situação mais preocupante foi registrada nos municípios de Lagoa do Itaenga, com 03 casos suspeitos, Paudalho com 04, e Surubim, com o maior número da gerência, chegando ao total de 05 casos. 

A coordenação da II GERES vem monitorando os casos suspeitos e reunindo representantes das secretarias municipais de saúde da região para debater o tema. Nos encontros de trabalho, a principal orientação é promover ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue, chikungunya e o Zika Vírus, este último relacionado recentemente ao aumento de casos de microcefalia.