Morre segunda vítima de atentado em bar de João Alfredo


Será sepultado nesta sexta (20) no cemitério de São José, em João Alfredo, o corpo de Marcos José dos Santos, conhecido por “Marquinhos”, 39 anos. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo na noite do dia primeiro de novembro, enquanto bebia em um bar no centro da cidade. Desde o dia do crime, Marcos estava internado no Hospital da Restauração, no Recife. Segundo familiares, na madrugada desta quinta, 18 dias após o fato, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Naquela ocasião, foi assassinado José Gomes Vieira Neto, o popular Kaki. O ex-vereador e atual diretor de transportes de João Alfredo, Dié Cavalcanti, também estava no local e foi atingido na mão, mas passou por procedimento cirúrgico e recebeu alta. De acordo com as investigações iniciais da polícia, o alvo seria apenas Kaki. Mas em decorrência das balas perdidas, outras pessoas foram atingidas. Populares que estavam no bar disseram que seis homens em três motocicletas chegaram efetuando os disparos e fugiram logo em seguida. Até o momento ninguém foi preso. (Imagem | Reprodução Facebook)