Sindetran visita Limoeiro e protesta contra a gestão do governador


A greve dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE) continua. Sem fechar acordo com o Governo do Estado, o sindicato da categoria (Sindetran) vai manter apenas 30% dos serviços como determina a lei. Segundo a assessoria do sindicato, os procedimentos que serão realizados durante a greve são: CNH vencendo, CRV ou Nota Fiscal vencendo no dia e recursos de multas. Os exames de pátio serão realizados só dois dias na semana e as vistorias que estiverem com recibo vencendo. 

Entre as principais reivindicações da categoria estão a reposição das perdas salariais, gratificação de produtividade para todos os servidores, pagamento adicional de insalubridade para vistoriadores e licitação definitiva do plano de saúde. O Sindetran lembra ainda que as irregularidades identificadas nos exames práticos, como a ausência de duplo freio nos veículos, por exemplo, é outra importante queixa do grupo. De acordo com o sindicato, uma nova reunião está sendo agendada com a secretaria estadual de Administração.

Visita – Na manhã desta quinta (06), sindicalistas visitaram a Circunscrição Estadual de Transito de Limoeiro, com o objetivo de fortalecer o movimento no interior do Estado. Na ocasião, os servidores protestaram com um boneco simbolizando o governador Paulo Câmara, batizado de “Paulo Cama”, deitado em uma maca de hospital. Em Limoeiro, os serviços também estão sendo ofertados com apenas 30% da capacidade. (Imagem | Divulgação)