Moradores vão protestar contra Celpe, Compesa e Prefeitura de Limoeiro


Se a esperança é a última que morre, para os moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima, ela será enterrada na próxima sexta (24), a partir das 8h. Os moradores das ruas da Gruta (Rua do Buraco) e Pacífico Miguel vão realizar um protesto pacífico para cobrar mais atenção ao bairro. Sem abastecimento há vários meses e sem iluminação pública (foto), os moradores cansaram de reclamar, pedir e implorar. Os protestantes vão ocupar a Rua Vigário Joaquim Pinto, via onde estão os escritórios da Compesa e da Celpe. Segundo o morador Josivaldo Ferreira, as pessoas vão carregar faixas pedindo água e iluminação pública. Ele também contou que a rua também foi esquecida pela prefeitura de Limoeiro, tendo em vista a existência de esgoto escorrendo a céu aberto. “Vamos protestar para chamar a atenção das autoridades”, disse Ferreira. Resumindo, os moradores do Bairro Nossa Senhora de Fátima vão cobrar o básico: água, luz e saneamento.