Organizadores do "Movimento sem Buraco" decidem adiar protestos na PE-89


Voto de confiança. Isso foi o que motivou o cancelamento dos protestos que estavam agendados para PE-89, visando à cobrança de melhorias para a rodovia estadual. Intitulado de “Movimento sem Buraco”, a manifestação estava programada para segunda-feira (08), nos trevos de acesso a PE-89 (Timbaúba, São Vicente Férrer e Limoeiro). 

Em nota postada nas redes sociais, Carlos Oliveira informou que o cancelamento do ato público foi decidido após reunião da comissão organizadora do movimento. Segundo Oliveira, quatro pontos foram elencados para a tomada de decisão: “A empresa SVC Construções Ltda (responsável pela execução a obra) já esta se instalando no município de São Vicente Férrer; várias máquinas da empresa já se encontram em São Vicente Férrer e, segundo informações, outras estão chegando; a empresa já fez locação do terreno onde será instalado o canteiro de obras; e as placas da obra já foram colocadas nos trevos de Timbaúba, Machados e Limoeiro”.

“Não sabemos se tudo isso é reflexo da nossa indignação demonstrada nas publicações feitas na pagina Movimento Sem Buracos – PE 89, que alcançou uma dimensão inesperada em todo Estado de Pernambuco e regiões vizinhas. Temos a consciência que devemos agir com coerência, devemos dar esse voto de confiança ao pessoal da Empresa SVC Construções e aguardar o início e conclusão da obra. De toda forma, não desistiremos de nos unir e lutar por nossos objetivos e direitos”, informou a nota. 

De acordo com os organizadores, 9.363 pessoas tomaram conhecimento do movimento pelas redes sociais. Os protestantes ainda ressaltaram que caso as obras não sejam iniciadas nos próximos dias, uma nova data para o manifesto será agendada.