Mudança na secretaria de Administração e Planejamento de Limoeiro

Amigo pessoal e secretário de extrema confiança do prefeito de Limoeiro, o bacharel em Administração de Empresas Marcelo Gomes (PSD) está deixando o cargo de secretário de Administração e Planejamento do município de Limoeiro, no Agreste Setentrional. Responsável pelo cargo desde a primeira gestão de Ricardo Teobaldo, o administrador continuará como secretário de Administração e Planejamento, mas dessa vez na prefeitura de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Segundo Marcelo, o convite foi feito pelo próprio prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre (PSDB). Com outros projetos voltados para a região Metropolitana, a resposta do secretário foi positiva. Ele também revelou que esse foi o terceiro convite profissional desde que assumiu o cargo de secretário de Administração de Limoeiro. “Fui convidado por Fátima Bezerra, atual presidente do Detran, para ocupar o cargo de vice-presidente do órgão, mas como era o início da gestão de Ricardo entendi que não seria ainda o momento. Em seguida fui convidado pelos empresários da fábrica de calçados Terra e Água (instalada em Limoeiro) para assumir a direção da empresa, onde também não aceitei. Agora fui convidado para contribuir com a administração de Camaragibe e analisei que seria o momento ideal para um novo desafio”, disse o secretário.

Para o lugar de Marcelo Gomes, o prefeito Ricardo Teobaldo confirmou o atual vice-prefeito Thiago Cavalcanti (PSDB). O jovem tucano ocupará as duas funções, mas segundo o gestor municipal, recebendo apenas um salário, o que representará economia para o município de um salário. “Como tenho um bom relacionamento com os vereadores desde a minha passagem pela Câmara, assim como os secretários e a imprensa, estou confiante de que possamos firmar parcerias e dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido por Marcelo na pasta”, afirmou Thiago. A mudança de local de trabalho também não será tão radical, haja vista as salas de secretário e vice-prefeito ficarem lado a lado, antecedendo o gabinete Executivo.