Protesto chega ao município de Limoeiro


A onda de protestos que atinge ao Brasil chega ao município de Limoeiro, no Agreste Setentrional, na próxima sexta-feira (28), quando limoeirenses percorrem as principais ruas da cidade no sentido de reivindicar melhorias em diversos serviços públicos, a exemplo de Educação, Saúde e Transporte.

Em entrevista ao Jornalismo da Cultural, Rinaldo Júnior, um dos organizadores do movimento, informou que a concentração acontecerá a partir das 15h, na Praça da Bandeira. “Vamos realizar um movimento pacífico, mas cobrando o que nosso direito. Não vamos direcionar o protesto para determinado segmento, nossas cobranças são para melhorias em diversas áreas”, destacou Rinaldo.

O organizador ainda ressaltou que os participantes devem comparecer sem máscaras e com o rosto livre. “Precisamos mostrar nossa cara e dizer o que realmente queremos. Façam seus cartazes, faixas e acompanhem o movimento fazendo o seu pedido”, disse Júnior, ao comentar que haverá uma grande mobilização nas escolas buscando uma efetiva participação dos alunos limoeirenses. Rinaldo também afirmou que os políticos podem participar com suas militâncias, mas não será permitido o uso de instrumentos que representem o partido, a exemplo de bandeiras e botons. “Nosso movimento será apartidário”, reforçou Júnior. 

De acordo com a organização do evento, a manifestação sairá da Praça da Bandeira, seguindo pela Avenida Santo Antônio até o pátio da feira, onde acontece a primeira parada em frente à sede da prefeitura de Limoeiro. Em seguida, os manifestantes percorrem a Rua da Matriz, passando pela Rua Vigário Joaquim Pinto, chegando ao pátio em frente à Escola Padre Nicolau Pimentel (Estadual).