Crianças com diabetes serão beneficiadas por tratamento mais moderno

Imagem | Divulgação
A partir do ano que vem, o Sistema Único de Saúde (SUS) vai oferecer às crianças com diabetes do tipo 1 a insulina análoga, que é um dos medicamentos mais modernos para o tratamento da doença. Estudos mostram que esse novo método proporciona melhor controle nos sintomas e diminui as complicações decorrentes da diabetes. O produto parece uma caneta e é de fácil aplicação, com resposta rápida e doses que podem ser adaptadas a cada paciente. De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, serão investidos 135 milhões de reais, por ano, na compra do novo insumo e a expectativa é de que o medicamento esteja disponível já no ano que vem.

“A compra já está em andamento. Nós devemos passar a entregar no início de 2018, este novo modelo, essas novas canetas. Adaptar as crianças a esse novo avanço, que é importante. E, claro, vamos continuar avançando para que todas as crianças recebam insulinas em canetas e, depois também, que todos os usuários de insulina possam receber nesse novo formato que é mais eficiente, que permite uma regulagem melhor e não tem que levar ampola e a seringa consigo. Então é um grande avanço”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. O novo tratamento será ofertado, prioritariamente, às crianças e adolescentes. (Reportagem, Janary Damacena)