Prefeito de Vicência deve substituir contratados por aprovados em concurso


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recebeu denúncias de que pessoas estavam sendo contratadas temporariamente para os cargos de natureza efetiva com concurso homologado e candidatos aprovados em Vicência, aguardando a devida nomeação. Diante da situação, o MPPE recomendou ao prefeito de Vicência e à secretária Municipal de Administração e Gestão de Pessoas a nomeação de candidatos aprovados dentro do número de vagas no concurso público de 2015, respeitando a ordem de aprovação e classificação final, dentro do prazo de validade do certame.

O MPPE recomendou ainda a convocação dos candidatos aprovados no referido concurso público, mesmo além do número de vagas inicialmente ofertadas, ante a existência de vagas destinadas no momento a servidores temporários, os quais deverão ser afastados com a nomeação e posse dos servidores concursados. A promotora de Justiça de Vicência, Janine Brandão Morais, reforça ainda que, na hipótese de desistência quanto à nomeação do candidato aprovado dentro do número de vagas, proceda-se à convocação dele mesmo fora do número de vagas e assim sucessivamente até o preenchimento de todos os cargos contemplados no edital do concurso de 2015.