Oposição pede fim da reeleição para presidente da Câmara de Vereadores de Orobó


O grupo formado pelos cinco vereadores de oposição no município de Orobó apresentou dois projetos que visam o fim da reeleição na Câmara Municipal de Vereadores. Anos atrás, o Regimento Interno foi alterado dando direito ao presidente da mesa diretora ser reconduzido ao cargo. Segundo o vereador Paulo Brito (PMDB), o primeiro projeto é de resolução e pede alteração do regimento da Casa, enquanto o segundo é de emenda à Lei Orgânica Municipal. Os documentos foram protocolados na secretaria da CMO no dia 30 de março de 2017 e estão em análise nas comissões. Ainda não há data prevista para entrada deles na pauta do Legislativo. Atualmente, a presidente da Câmara é a vereadora Maria do Carmo (PDT), mãe do prefeito Cléber Chaparral (PSD). Ao todo, são 11 vereadores, mas a bancada oposicionista é formada por Lúcio Ramos (PROS), Amilton do SINTRAF (PMDB), José Lívio (PT), João Cipriano (PMDB) e Paulo Brito (PMDB). Os parlamentares do grupo que foi “batizado” de G5 declararam que vão votar pelo fim da reeleição. (Imagem | Reprodução Facebook)