Feirante mata companheira grávida e enteada de 14 anos em Surubim


A agricultora Iraneide Maria da Conceição Nascimento, 38 anos, grávida de cinco meses de gêmeos, e a filha dela, a estudante Maria de Fátima, 14, foram assassinadas a golpes de faca na tarde desta terça-feira (13), no Sítio Jucá Ferrado, zona rural de Surubim. De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), os homicídios foram praticados pelo próprio companheiro da gestante, José Gomes da Silva Filho, idade não informada, conhecido como "Negão da Macaxeira", que trabalha como feirante no município de Surubim. Ainda segundo o policiamento, a menor morreu no local, enquanto a mulher foi socorrida para o Hospital São Luís, em Surubim, mas não resistiu aos ferimentos. Os corpos foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru. 

Horas depois, a PM localizou e prendeu o feirante no município de Lagoa do Carro, Mata Norte. Os policiais disseram que ele passou o dia ingerindo bebida alcoólica e ao chegar em casa teria discutido com a mulher e cometido os crimes. Em seguida teria saído sem destino para beber novamente e acabou sendo localizado há aproximadamente 60 quilômetros do local dos assassinatos. José Gomes foi autuado em flagrante na delegacia regional de Limoeiro. O caso também está tendo acompanhamento da delegacia da Mulher de Surubim. Segundo a assessoria de Comunicação da Polícia Civil, o caso será investigado pela delegada Betânia, responsável pela seccional Limoeiro. O suspeito será encaminhado para audiência de custódia.