Pedreiro desconfia do próprio filho e devolve celular roubado em Cumaru


Na tarde dessa sexta-feira (4), o pedreiro Manoel José da Silva, 47 anos, que mora no Sítio Genipapo, zona rural de Cumaru, ao ficar sabendo de um assalto na noite anterior, levou dois aparelhos celulares para serem reconhecidos pela vítima, identificada como sendo o caseiro José de Lima Tavares, 36 anos, morador da mesma comunidade. O pedreiro desconfiou do próprio filho menor de 14 anos, que chegou em casa com os celulares dizendo que havia comprado por R$ 20. A vítima reconheceu o celular. Ele havia sido abordado por três pessoas armadas com garrunchas e facas. O pedreiro e o filho foram encaminhados à delegacia da cidade para prestar depoimento. O delegado abriu um Procedimento Especial com Menor (PEM) para investigar com mais detalhes a ocorrência. Até o momento os suspeitos do assalto não foram identificados. (Imagem | Google Maps)