Gestante tem ambulância negada no Hospital de Machados por não votar na cidade


O uso de politicagem dentro do Hospital Municipal de Machados foi denunciado por uma mulher através do Facebook nesta quinta-feira (17). A internauta Nilda Gomes postou em sua página na rede social, que a ambulância da unidade hospitalar foi negada a uma paciente que precisaria realizar curetagem. Ela ainda inseriu imagens de ambulâncias no pátio da unidade. De acordo com a denúncia, a médica do plantão identificou que gestante de seis meses estaria com o feto morto a mais de um mês. Ainda segundo a denúncia, mesmo com a senha de transferência para o Hospital Regional de Nazaré da Mata, a paciente não conseguiu o transporte. 

Nilda relatou quem um funcionário do hospital, que não teve o nome revelado, negou a ambulância porque a mulher não residia em Machados, consequentemente, não votaria no município. Na postagem, várias pessoas criticaram o comportamento do funcionário, lamentaram a situação e cobraram um posicionamento do prefeito Argemiro Pimentel (PSB). Na mesma postagem, o gestor municipal postou que estaria tomando as providências. “Está atitude é inaceitável, irei me informar e tomas as medidas necessárias”, disse Argemiro. Confira abaixo, na íntegra, a denúncia.

“E uma humilhação muito grande vc chegar em um hospital com uma gestação de 6 meses ,ter acabado de descobrir que seu bebê está morto dentro de vc a mais de trinta dias ser atendida pela medica e depois de pegar senha para ser transferida pra o hospital de Nazaré e ter funcionário dentro deste hospital e negar carro para transportar está paciente porque é do município de orobó e não vota em machados isto um absurdo senhor prefeito oriente a este funcionário em especial porque isto não se faz e ainda dizer que isto não é uma emergência e que a ambulância está lá só para emergência achei um descaso muito grande com uma Mãe que já está super triste com uma situação desta a perda de um filho que pra uma mãe não é fácil e ainda ter que brigar pra ter um carro para lhe presta socorro e está funcionária ainda jogou na cara da minha irmã porque ela vota em orobó espero senhor prefeito que o senhor tome providências sobre isto dentro do hospital de machados porque eu creio que tem muitas coisas que o senhor não fica sabendo e espero que outras pessoas não passe pela mesma humilhação que eu e minha irmã passamos!”