Joãozinho forma equipe de transição e secretariado será anunciado em dezembro


O prefeito eleito de Limoeiro, Joãozinho (PSB), definiu nesta terça-feira (11) a sua equipe de transição. O socialista acredita que a troca de informações e análise das contas com a equipe que vai deixar o governo a partir de janeiro deverá durar entre 30 e 45 dias. Joãozinho adiantou na Rádio Jornal Limoeiro que a sua equipe de transição está integrada com técnicos de diversas áreas e que não tenham ligação direta com o município. “Convidamos engenheiros, advogados e contadores para que tenhamos a maior transparência possível. Eles estarão juntos com pessoas que gozam da nossa confiança”, disse Joãozinho.

Ele adiantou que vai enviar um ofício contendo a equipe de transição para o Ministério Público, Comarca de Limoeiro e Prefeitura Municipal. Questionado sobre a montagem do secretariado, o ex-vereador disse que nenhum nome foi confirmado e que não houve nenhum convite até o momento. “Por enquanto são especulações. Só depois da transição vamos analisar os nomes de acordo com suas áreas. Vamos diminuir secretarias e cargos comissionados. Mas a apresentação dos nomes só acontecerá em dezembro. Antes disse não há possibilidade”, garantiu o prefeito eleito.