Família de Limoeiro fica aflita com retorno de suspeito de estupro


Por volta das 18h desta quarta-feira (19), a Polícia Militar (PM) foi acionada para averiguar uma denúncia no Sítio Tabuleiro, zona rural de Limoeiro. No local, uma doméstica de 40 anos disse que um homem suspeito de ter estuprado a filha dela há cinco meses teria voltado à comunidade para matar toda a família da vítima. Ela disse ainda que, durante este período, o suspeito esteve internado em uma clínica de tratamento. Familiares da adolescente revelaram que o suspeito fugiu por dentro do matagal e deixou uma mochila com pertences pessoais, documentos, roupas e remédios. A doméstica foi encaminhada à delegacia regional de Limoeiro para registrar a ocorrência. Os nomes estão sendo preservados para não atrapalhar as investigações.