Pedreiro mata ex-namorada por não aceitar fim do relacionamento em Limoeiro


No início da tarde desta terça-feira (6), por volta das 13h30, a autônoma Fernanda Santos Diniz, 24 anos, foi morta pelo ex-namorado com uma facada na região do abdômen. Segundo a irmã dela, a vítima estava desfiando meia no Loteamento Santana, em Limoeiro, onde morava, quando o pedreiro Carlos André Cavalcante da Rocha, 33 anos, chegou ao local e começou a discutir por não aceitar o fim do relacionamento. A irmã da vítima disse ainda aos policiais militares que eles estavam separados e constantemente Fernanda sofria ameaças de morte. Inconformado, o pedreiro teria sacado um canivete e desferido o golpe. A mulher chegou a ser socorrida por vizinhos para o Hospital Regional de Limoeiro, mas não resistiu ao ferimento e deu entrada sem vida. 

Horas depois o suspeito foi preso na porta do hospital. Segundo a portaria da unidade, ele teria ido buscar informações da ex-companheira. Carlos foi encontrado com um canivete na cintura durante abordagem policial e assumiu o crime. Ele foi autuado em flagrante por homicídio e em seguida encaminhado à penitenciária de Limoeiro. O corpo da jovem foi recolhido ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. Nas redes sociais, milhares de mensagens continuam sendo postadas por amigos e familiares, lamentando a violência. Na página pessoal de Fernanda as manifestações também são constantes. Ela deixou três filhos menores de idade. (Imagem | Reprodução Facebook)