Apenas um candidato a prefeito de Limoeiro declarou bens à Justiça Eleitoral


Uma das exigências do registro de candidatura é apresentar os bens. Com isso, o candidato, independente do cargo, abre sua vida financeira para análise de qualquer cidadão, isso porque as informações são publicadas abertamente no aplicativo DivulgaCand, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na disputa pelo cargo de prefeito de Limoeiro, apenas um declarou bens. Candidato à reeleição pelo PTB, Thiago Cavalcanti declarou a Justiça Eleitoral um total de R$ 316.905,53. Esse montante está distribuído em automóveis, quotas de capital de empresa, imóvel, poupança e conta corrente, além de consórcios. O adversário dele, o candidato do PSB João Luís (Joãozinho) não declarou nada. O cidadão pode conferir os bens declarados por todos os candidatos no endereço: http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais.