Polícia localiza corpo em avançado estado de decomposição em Passira


Neste domingo (06), a Polícia Militar (PM) localizou um corpo em avançado estado de decomposição em uma estrada rural do Sítio Pedra Tapada, na divisa dos municípios de Passira e Salgadinho. Segundo o polícia, a vítima foi identificada como o ex-presidiário Pablo Lemos de Castro, 25 anos, conhecido como “Escobar”, residente em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes. Ele estava desaparecido há 30 dias e foi reconhecido pela própria mãe. De acordo com o policiamento, a arcada dentária contribuiu para que a mãe dele pudesse reconhecer. 

A polícia ainda não tem informações detalhadas que possam confirmar se o local foi o cenário da execução ou se apenas para ser o corpo ser jogado e queimado, o que na linguagem policial chamam de "desova". Ainda segundo a polícia, ele era suspeito de vários assaltos na região. A ossada foi removida ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife, para confirmação da causa da morte. Até o momento a polícia não tem detalhes sobre os suspeitos do crime e a motivação. O caso foi registrado e está sendo investigado pela Delegacia de Passira.