Limoeiro perde Zona Eleitoral e registra pouco atendimento na biometria


O recadastramento biométrico no município de Limoeiro segue com atendimento ampliado. O cartório eleitoral funciona de segunda a sexta, das 7h às 19h, sem intervalo. Mas nos últimos dias, os agendamentos diminuíram e isso tem preocupado os servidores da Justiça Eleitoral. Apesar de ainda faltar quatro meses para o encerramento do prazo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 31 de março, a maior preocupação é para que os eleitores não deixem para última hora. Paulo Flávio, chefe do cartório da 24ª Zona Eleitoral, lembra que o agendamento deve ser feito, exclusivamente, pela internet, através do portal: www.tre-pe.jus.br

Os eleitores devem apresentar no momento do recadastramento o título de eleitor (se tiver), documento pessoal ou profissional com foto e comprovante de residência atualizado. De acordo com o cartório, Limoeiro conta com 47.257 eleitores. Desse total, 17.176 pessoas realizaram o cadastramento biométrico, o que representa aproximadamente 36% do eleitorado. “Ainda é muito pouco. E se as pessoas deixaram para a última hora não vou conseguir agendar e o atendimento acontece através de agendamento prévio pela internet”, alertou Paulo Flávio. 

Mudança – Dentro de uma ação de rezoneamento do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), o município Limoeiro deixará de ter duas zonas eleitorais. A 103ª ZE será relocada para o Recife. Com isso, todos os eleitores limoeirenses (cidade e zona rural) ficarão na 24ª ZE. Em relação aos títulos já emitidos pela 103ª ZE, o servidor disse que novos documentos com a referência 24ª ZE serão emitidos e entregues aos eleitores. Indagado sobre mudanças nos locais de votação, Paulo afirmou que vai mudar apenas o número da sessão no título, mas o local (prédio) permanecerá o mesmo. (Imagem | Reprodução Internet)