Comércio de Salgadinho fecha as portas esperando pela prontidão da Celpe


Por volta das 9h desta quinta-feira (23), um caminhão de carga não conseguiu subir uma ladeira e quando desceu atingiu um poste de iluminação no centro do município de Salgadinho, no Agreste Setentrional, danificando a rede elétrica e deixando a cidade sem energia por quase 9 horas. O caminhão ficou atravessado no meio da rua, deixando a via bloqueada e gerando um transtorno ainda maior. De acordo com o vereador Gervandro Pires, que esteve no local do acidente, o caminhão não foi retirado de imediato, em virtude do perigo de o poste desabar. 

O parlamentar informou durante entrevista concedida à Rádio Jornal Limoeiro, que a equipe de prontidão da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) foi acionada logo após a colisão, mas só chegou por volta das 17h. “A energia foi reestabelecida por volta das 18h”, completou Pires. De acordo com o vereador, o comércio de Salgadinho passou o dia fechado. “Não podemos ficar a mercê da Celpe”, disparou Gervandro.

O salgadinense revelou que perguntou o motivo da demora e a resposta foi rápida: “Eles (funcionários da Celpe) informaram que a empresa só tem um caminhão guincho para atender a região”. Diversos comerciantes lamentaram a demora da equipe de prontidão, o que gerou prejuízos materiais e financeiros. O parlamentar disse que o descaso da fornecedora de energia não é novidade. Ele contou que há 60 dias cobrou a troca de um fusível em um poste instalado em uma comunidade rural, que passou mais de dois meses na escuridão.(Imagem | Redes Sociais)