O mundo da música perde a voz de Stênio "Cover Maia"


A música ficou sem a voz de Stênio “Cover Maia” na manhã desta terça (19). Há dois meses o artista residia em João Alfredo, onde também trabalhava como funcionário público. A sua irmã, Sueli Pires, disse na Super Manhã da Rádio Jornal Limoeiro, que ele passou mal e foi socorrido ao Hospital Municipal de João Alfredo, mas não resistiu. A irmã acredita que problemas cardíacos possam ter ocasionado a morte. O corpo foi encaminhado ao IML do Recife. No último final de semana, Stênio esteve em Limoeiro para apresentações artísticas no Shopping Center. A irmã Sueli Pires e o sobrinho Jaime acabaram de informar que o sepultamento de Stênio será hoje (19), às 17 horas. O corpo está sendo liberado e quando chegar será velado Cemitério São João Batista, em Limoeiro. Na imagem, Stênio ao lado de Moura Rossi, acompanhado dos músicos Linaldo do Teclado e Aldemir Freire (sax), durante apresentação na Rua da Alegria, no Centro de Limoeiro.