Professores de Limoeiro realizam movimento para cobrar aplicação do piso

Os professores da rede municipal de Limoeiro realizam a partir desta quarta (1º) um movimento para reivindicar a aplicação do reajuste do piso salarial de 2014. De acordo com Nilza Ramos, diretora da unidade do Sindicato dos Professores (SINPRO) em Limoeiro, prazos foram acordados com a administração municipal, mas a aplicação do reajuste na folha salarial ainda não aconteceu. Os educadores também lutam pelo pagamento retroativo.

A diretora informou durante entrevista concedida ao Jornal do Meio Dia (Cultural FM), que o movimento acontecerá nos três turnos. Em alternância (dia sim, dia não), até o dia 24 de outubro, data agendada para a próxima assembleia da categoria, os professores vão trabalhar em meio expediente, largando os alunos após a distribuição da merenda. Neste período, segunda Nilza, caso haja um retorno positivo da prefeitura, os professores retomam as atividades em sua normalidade.

Ela também adiantou que o complemento dos horários acontecerá com atividades orientadas e organizadas pelo sindicato. “No último encontro da comissão do SINPRO com representantes da prefeitura de Limoeiro, o contador afirmou que, no momento, o município não dispõe de condições para aplicar o piso o reajuste”, disse Nilza, ao confirmar que a secretária municipal de Educação, Rosejara Ramos, foi informada da decisão através de visita da comissão e de ofício.