Prefeito de Passira troca Paulo Câmara por Armando Monteiro


O prefeito de Passira, Severino Silvestre (PSDB), oficializou nesta segunda (11), durante entrevista na Cultural FM, que não continuará apoiando a candidatura de Paulo Câmara (PSB) a governador de Pernambuco. Com a decisão, o tucano, juntamente com sete vereadores da base aliada, vão apoiar a candidatura de Armando Monteiro (PTB), líder nas pesquisas. Mas, segundo o prefeito, a boa margem do petebista nas pesquisas não foi o motivo para a sua mudança de palanque. 

Silvestre relatou que nos últimos dias vem sendo criticado duramente nas emissoras de rádio pelo seu vice-prefeito Edelson Gomes (PSB), que também apóia a candidatura de Câmara. Os comentários negativos e críticas relacionados à administração do gestor de Passira, que segundo ele são infundadas, o levaram a solicitar do partido uma posição. “Conversei com várias lideranças do PSB, enviei a gravação e ninguém tomou uma posição. Se Paulo (Câmara) não consegue controlar o presidente do PSB de Passira agora, quando for governador vai controlar o que”, disparou Silvestre, que no meio da entrevista revelou não conhecer o candidato do PSB.

No meio da entrevista, Silvestre ainda declarou não conhecer Paulo Câmara pessoalmente, deixando explícito que votaria pela decisão do partido e por uma gratidão ao ex-governador Eduardo Campos (PSB). Em relação aos candidatos majoritários, o prefeito afirmou que continuará apoiando as candidaturas de Aglailson Júnior (PSB) e André de Paula (PSD), para estadual e federal, respectivamente. (Imagem | Reprodução Internet)