Precariedade da PE-95 motiva protesto com interdição da via


Cansados de promessas, moradores dos municípios de Limoeiro e Passira interditaram na manhã desta terça (29) a Rodovia PE-95, na altura da Comunidade de Ribeiro do Mel. A precariedade da via motivou o ato com a queima de pneus. A ordem de serviço para a recuperação da estrada foi assinada no final do mês de março, pelo então governador Eduardo Campos (PSB), hoje, candidato à presidente da República. Recentemente, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) realizou uma operação "tapa-buraco" com a colocação de terra, o que gerou ainda mais revolta na população. 

Pela manhã, representantes do DER Carpina estiveram no local para negociar a liberação da PE, mas os manifestantes exigiram a negociação com representantes do escritório central, que fica em Recife. Segundo eles, as promessas e as palavras dos servidores do DER de Carpina não merecem mais confiança. Nos últimos meses, o número de acidentes na PE-95 aumentou consideravelmente em virtude do excesso de buracos na pista. (Imagem | Reprodução Facebook)