João Lira e Miguel vão para o primeiro duelo político em Bom Jardim


O ex-prefeito do município de Bom Jardim, João Lira (PP), vai para o seu primeiro duelo político contra o atual gestor Miguel Barbosa (PP). Eles romperam no início da gestão e se tornaram ferrenhos adversários. Desde a separação não houve mais contato, inclusive, Lira chegou a pedir desculpas à população em uma participação na Rádio Integração FM (Surubim), por ter indicado Miguel como sucessor, alegando que ele não estaria desempenhando bem a sua tarefa.

Escanteado do governo municipal e abandonado por secretários e lideranças que em sua gestão o glorificavam, João Lira vem tentando montar uma base sólida em sua terra natal, para a disputa de uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) pela primeira vez. Em Bom Jardim, o progressista faz dobradinha com o deputado federal Eduardo da Fonte (PP). E apesar de o seu partido ter declarado apoio ao grupo da Frente Popular, Lira confirmou que vai pedir votos para o candidato a governador Armando Monteiro (PTB), da coligação “Pernambuco Vais Mais Longe”.

Nas esquinas, os debates entre eleitores são para saber quem terá mais votos: João Lira ou Aluísio Lessa (PSB), que é o candidato a deputado estadual apoiado pelo prefeito Miguel. “Chegou a hora de saber quem tem mais força política em Bom Jardim”, disse um eleitor animado com o período. Por conta da separação, muitos munícipes, nas redes sociais, chamam Miguel de “ingrato”. Outros aprovaram a sua atitude de se afastar de João Lira e tocar a administração sem a “sombra” do padrinho político. (Imagem | Facebook | Divulgação)