ETE José Humberto de Moura Cavalcanti prepara futuros eleitores


Com o objetivo de orientar e promover a consciência cidadã dos estudantes que irão votar pela primeira vez nas eleições deste ano, a Escola Técnica Estadual (ETE) José Humberto de Moura Cavalcanti, localizada em Limoeiro, promoveu no dia 9 de abril, o projeto Primeiro Voto. Alunos do 2º e 3º ano do ensino médio participaram do evento e assistiram a palestras ministradas por autoridades da área eleitoral que evidenciaram a importância do voto.

O promotor público de Limoeiro, Muni Azevedo, o juiz da 103ª Zona Eleitoral da cidade, Enrico Oliveira e o técnico judiciário, Ari Alvin, debateram temas como responsabilidades, compromissos e deveres do eleitor, além das consequências do voto para a vida do cidadão. Questões burocráticas a cerca de prazos, documentos necessários e horários para a matrícula eleitoral, também foram ressaltados durante o encontro.

“Estamos em ano de eleição. Os alunos necessitam entender a importância do seu voto, principalmente quando se trata do primeiro. Trouxemos para a escola debates que fundamentam a noção de cidadania. Temos a preocupação de fornecer essa formação política para que eles tomem sempre decisões acertadas”, destacou a gestora da ETE, Karina Falcão.

Lucas Fernando, 17 anos, estudante do 3º ano, ressaltou a necessidade do projeto como fonte de entendimento. “Pude esclarecer dúvidas e aprender coisas novas. Temos que nos informar sobre nossos direitos, mas também deveres, e as responsabilidades sociais que adquirimos quando nos tornamos eleitores efetivos”, comentou o estudante.

A análise dos candidatos será fator determinante para Benjamim Rodrigo, também aluno do 3º ano. O jovem de 19 anos acompanhou atentamente a programação do Primeiro Voto. “Procuro estar sempre por dentro do que acontece no mundo. Para mim o voto é de grande importância, pois com ele irei eleger alguém que irá interferir em nossas vidas”, finalizou. O projeto Primeiro Voto foi idealizado pelo assistente administrativo Educacional da Escola, Juari Barroso, e desenvolvido em sala de aula pelo professor de Sociologia e Empreendedorismo, André Gustavo de Queiroz. (Imagem | Reprodução Internet)