Brejo da Madre de Deus vivencia mais uma edição da Feira do Verde


Com o tema “Em Luta pela Conservação do Planeta Água”, terminou na tarde deste sábado (26), a 14ª Feira do Verde, no município de Brejo da Madre de Deus, localizado no Agreste. A iniciativa, que integra, desde 2012, o Calendário Oficial de Eventos de Pernambuco, por meio da Lei 14.613/2012, proposta pelo deputado Manoel Santos, celebra e apoia, há mais de uma década, ações de reflorestamento e de preservação do meio ambiente, com base no fortalecimento da agricultura familiar.

Neste, que é o Ano Internacional da Agricultura Familiar, reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), Brejo, que é a Capital da Agroecologia, titulo concedido pela Assembleia Legislativa, também por uma lei de autoria de Manoel Santos, realizou a Feira com uma programação ainda mais especial.  Barracas expuseram e comercializaram comidas, bebidas típicas e artesanato, e a animação ficou por conta de artistas locais e regionais.

O espaço da Feira foi ocupado por estandes de escolas, entidades governamentais e não governamentais e contou ainda com um cerimonial, com a presença de autoridades locais e regionais. Na ocasião, foram distribuídas e comercializadas mudas de plantas frutíferas, forrageiras e ornamentais, além de raquetes de palmas. Tradicionalmente, a programação reúne, além das famílias produtoras, lideranças comunitárias do Agreste e de diversos municípios de outras regiões de Pernambuco. Nesta edição, participaram viveiristas de Caruaru, Orobó e Pombal (PB).

Para o deputado Manoel Santos, a Feira do Verde mais do que um evento, é uma celebração do esforço das famílias agricultoras de Brejo da Madre de Deus. “A aprovação da Lei que coloca a Feira no Calendário de Eventos do Estado é uma vitória. O desenvolvimento desse trabalho reforça o papel da agricultura familiar como base da produção de alimentos diversificados e saudáveis, tanto para o abastecimento dos pernambucanos, como dos outros estados do Nordeste”, defende.

Na opinião do diretor de Organização e Formação da Fetape, Adelson Freitas, as iniciativas do deputado Manoel Santos têm fortalecido o Movimento Agroecológico no município. “A agroecologia é um movimento que já tem 15 anos no Brejo da Madre de Deus – um município com grande potencial climático para a atividade. Fomos os primeiros a acessar o PRONAF e um dos primeiros a atuar com os Programas PAA e PNAE. O companheiro Manoel Santos, por meio de diferentes ações, tem potencializado e contribuído para o desenvolvimento sustentável do nosso município”, analisa.

Adelson Freitas é natural de Brejo da Madre de Deus e junto com o vereador e atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Laelson Cordeiro, sugeriram ao deputado Manoel Santos a elaboração de um projeto para a concessão do titulo de Capital da Agroecologia ao Município. Laelson Cordeiro considera que a aprovação desse Projeto abriu novos horizontes para produção agroecológica. “A Lei nos ajudou a divulgar mais a agroecologia junto ao poder público, às instituições e aos próprios agricultores. Com esse reconhecimento, também conseguimos parcerias financeiras importantes, a exemplo da Fundação Kruger, da Alemanha, que apoiou o nosso trabalho em alguns momentos”, avalia.

A Feira do Verde é organizada pelo Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Brejo da Madre de Deus (CONDESB), com o apoio da prefeitura municipal e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Brejo da Madre de Deus.