Ambientalistas protestam contra a derrubada de árvores em Limoeiro


O período da tarde desta quarta-feira (16) foi marcado por uma manifestação contra a derrubada de algumas árvores existentes há décadas na Avenida Severino Pinheiro, no Centro de Limoeiro. As primeiras foram derrubadas há mais de um ano do canteiro que fica ao lado da Praça da Bandeira. De acordo com o projeto de revitalização da entrada da cidade, idealizado pela administração municipal, ainda na gestão do ex-prefeito Ricardo Teobaldo (PTB), algumas árvores serão arrancadas. 

No mês de março, o prefeito Thiago Cavalcanti (PROS), ainda como vice-prefeito, disse a nossa reportagem que aproximadamente 12 árvores serão retiradas, mas outras de diferentes espécies serão plantadas em tamanho adulto. Apesar da justificativa, ambientalistas e simpatizantes do verde não concordam com o projeto. Com faixas e em tom de despedida, eles demonstraram a insatisfação com a notícia do fim de algumas algarobas. 

Recentemente, a funcionária pública Genilda Arruda cobrou no Jornal do Meio Dia (Cultural FM) um posicionamento da AMATUR (Sociedade de Apoio ao Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Limoeiro) e da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Limoeiro sobre a derrubada das árvores, mas as entidades ainda não se pronunciaram sobre o caso. (Imagem | Sílvio Fotografias | Reprodução Facebook)