Transporte de carne em caminhão aberto gera polêmica em Altinho


No município de Altinho, no Agreste de Pernambuco, o assunto mais comentado continua sendo a polêmica no transporte da carne comercializada no açougue público da cidade. No último dia 26, a carne foi flagrada por moradores sendo transportada em um caminhão carroceria sem as mínimas condições de higiene determinadas pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adragro).

Em comunicado enviado a reportagem do Blog do Agreste, a Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores de Altinho informou que o transporte foi realizado do município de Cupira, onde acontece o abate, em um caminhão de cor branca e placas IHN 9046. A assessoria do Legislativo ainda revelou que o veículo é utilizado para a coleta de lixo na cidade de Altinho.

“A população tomou conhecimento do fato, registraram através de fotos e levaram ao conhecimento dos vereadores da oposição que criticaram o descaso e levarão ao conhecimento do Ministério Público. Os consumidores revoltados deixaram de comprar a carne”, diz o comunicado enviado ao blog. Nas redes sociais, diversos moradores criticaram o meio de transporte utilizado.

Em contato telefônico com a assessoria de Imprensa da prefeitura de Altinho, Wilames Nascimento, integrante da equipe, afirmou que o caminhão refrigerado que faz o transporte rotineiramente apresentou problemas mecânicos momentos antes da viagem. Como medida de urgência, visando a não perda da carne que seria comercializada no dia da feira livre, foi enviado um caminhão aberto. Segundo Wiliames, o veículo não é utilizado na coleta de lixo, inclusive sendo um veículo particular. 

O integrante da assessoria ainda ressaltou que apesar de se tratar de um veículo aberto, o produto foi devidamente empacotado em uma lona nova – o que não comprometeu a qualidade da carne. Quando indagado sobre as fotos que mostram a carne descoberta, o assessor disse que as imagens foram captadas em frente ao açougue público no momento da descarga. O servidor municipal também falou que as providências necessárias para a retomada do transporte da carne através do caminhão refrigerado foram tomadas.