PPS expulsa ex-vereador de Carpina que foi preso no TCE


A direção estadual do PPS decidiu expulsar do partido, nesta terça-feira, o ex-vereador da cidade de Carpina, Edilson Gomes da Silva, conhecido na cidade como “Edilson da Ambulância”, por responder a processo criminal e ter infringido o Código de Ética do partido. 

O ex-vereador foi denunciado pelo Ministério Público pela prática de peculato, falsificação de documentos, falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Em razão disso, foi preso na última sexta-feira pela Polícia Civil quando saía do Tribunal de Contas. Segundo a presidente do partido, advogada Débora Albuquerque, “não admitimos, de forma alguma, práticas criminosas por parte de nossos filiados.

O PPS é um partido decente e não aceita manter em seus quadros pessoas que usam da política para práticas antiéticas e ilegais”. A direção estadual do PPS já comunicou a expulsão do ex-vereador ao diretório municipal do partido, em Carpina.

Blog Inaldo Sampaio | Imagem Dizendo Tudo